• Share

Planning for integrated mine closure

Os recursos minerais são finitos e, portanto, o encerramento de operações de mineração é inevitável. O planejamento do encerramento deve ser uma prática de negócios central para as empresas de mineração e, idealmente, deve ser algo considerado na fase de concepção de uma operação. Isso deve ajudar a minimizar os impactos negativos e a maximizar os resultados benéficos para todas as partes interessadas. 

A experiência mostra que o encerramento é atualmente uma questão não só gerencial, mas também técnica. Esse processo requer um questionamento contínuo de hipóteses e recomendações para que se encaixem às condições e expectativas sociais, econômicas e ambientais.

O encerramento responsável de uma mina exige a participação ativa das comunidades locais no planejamento e na implementação das ações para que os benefícios em longo prazo sejam reconhecidos. Essa abordagem integrada também traz benefícios claros para as empresas de mineração.

  • As decisões de encerramento são mais eficazes quando apoiadas pelas partes interessadas.
  • Dessa forma, o planejamento do encerramento será mais fácil de gerenciar.
  • Os possíveis problemas serão identificados prontamente.
  • A precisão das estimativas de custos do encerramento será melhorada e haverá uma chance maior de financiamento adequado para o encerramento.
  • O risco de não-conformidade regulamentar será minimizado e riscos potenciais serão reduzidos.

A importância do planejamento

As atividades para a realização correta de um encerramento podem levar vários anos; para instalações de vida curta (por exemplo, de cinco a sete anos), um plano de encerramento detalhado deve ser colocado em prática logo nos estágios iniciais do processo. Para as instalações com vidas mais longas, o plano de encerramento detalhado pode ser desenvolvido em etapas interativas.

O planejamento de encerramento deve ser incorporado aos estágios iniciais do desenvolvimento do projeto (nomeadamente as fases de pré-viabilidade e viabilidade) e da operação. A mineradora deve então reunir os objetivos e as opiniões das partes envolvidas, incluindo o dono do projeto, a comunidade local, o governo e organizações não-governamentais para estabelecer as metas de encerramento e pós-encerramento, sendo que os planos resultantes devem ser transparentes e facilmente comunicáveis a todas as partes interessadas.

No entanto, esses planos não devem permanecer fixos quando as expectativas da comunidade ou de outras partes mudam durante o ciclo de vida da mina. Isso é particularmente relevante para as operações que têm uma operação que engloba diferentes gerações ou cujos planos de mineração sofreram mudanças.

Essas preparações integradas permitem uma transição efetiva e sensível da operação para o encerramento. No mínimo, elas estabelecem os elementos necessários para alcançar um benefício duradouro para a comunidade. Para apoiar isso, o ICMM produziu orientações sobre o escopo, a execução, a revisão e a adaptação de planos de encerramento estruturados e sustentáveis, com o objetivo final de melhorar o legado socioeconômico das atividades de mineração e metais.