Health impact assessments

  • Share

As empresas de mineração e metais estão bastante cientes do impacto que suas atividades podem ter na saúde e bem-estar das comunidades próximas aos locais onde operam. Por meio da implementação de quadros robustos de avaliação de impactos e gestão de riscos, as empresas estão melhor equipadas para entender os impactos positivos ou negativos que estão tendo nas comunidades, para depois atuar de forma a multiplicar o valor das intervenções que apoiam a saúde, a segurança e o bem-estar das comunidades. 

O trabalho do ICMM com seus membros resultou no desenvolvimento de uma metodologia de avaliação de impactos de saúde. A avaliação dos impactos de saúde é uma abordagem sistemática para prognosticar e controlar os potenciais efeitos de saúde positivos e negativos de todos os tipos de propostas em comunidades locais e na sociedade em geral. A avaliação busca entender as preocupações de saúde pré-existentes em uma região e identificar, evitar e minimizar impactos não-intencionais na saúde e no bem-estar da comunidade que podem surgir ao longo do ciclo de vida de uma operação.

Desenvolvendo laços comunitários mais abrangentes e específicos, as avaliações dos impactos de saúde apoiam parcerias úteis com serviços locais de saúde, assistência e bem-estar sociais para que possam atuar juntos para aliviar os problemas antes destes aparecerem. Além disso, essas avaliações tornam explícitas e transparentes as complexidades de equilibrar a saúde e o bem-estar comunitários com outros objetivos sociais, ambientais e econômicos de uma proposta de projeto. Os resultados das avaliações também ajudarão a definir e negociar os aspectos da saúde e do bem-estar comunitários que são da responsabilidade do governo local ou da responsabilidade da empresa.

Ao fortalecer a capacidade das empresas de entender os potenciais riscos de saúde de suas operações, elas serão mais capazes de agir de forma responsável em relação às comunidades que afetam, assegurando sua licença social para operar.